• ENTRAR
  • Nenhum produto no carrinho.

O conceito de foco em Psicoterapia Breve

Entre as subdivisões da psicoterapia, existe a modalidade de psicoterapia breve, que, apesar de o nome parecer se referir a algo de curta duração, na verdade significa um processo focal, ou seja, há foco específico no que será trabalhado.

O conceito de foco é fundamental nesse mecanismo. Não é possível trabalhar com psicoterapia breve sem conhecer o conceito de foco e a sua função no processo de avaliação e tratamento psicoterapêutico. Ao falar em foco, estamos nos referindo a um conceito nodal, ao fator ou conflito que leva o indivíduo a buscar a psicoterapia.

Na psicoterapia tradicional, o conceito de foco seria complicado, porque geralmente são identificados inúmeros fatores e conflitos no paciente. No entanto, ao trabalhar na psicoterapia breve, é necessário identificar o foco, o motivo para o indivíduo recorrer à psicoterapia como forma de resolução.

Essa problemática central pode ser trazida pelo paciente de formas distintas. Talvez ele traga de uma forma confusa, com tantas informações que dificulta a identificação do problema central, ou traga de forma específica, dizendo exatamente o que deseja tratar, inclusive conseguindo identificar o que alimenta o problema. Nesse último caso, no entanto, por vezes o psicoterapeuta descobre que o foco não era o definido pelo paciente.

 


➤ Conheça nosso curso: https://grupoeducativa.com.br/course/psicoterapia-breve-diagnostico-e-intervencao/


 

Há um exemplo no livro “Teoria e técnica de psicoterapias“, de Héctor Fiorini, com o caso de um paciente chamado Ernesto. Ernesto era um rapaz de 30 anos, com um filho de 3 anos, que havia passado por uma separação. Ele identificou a separação como seu problema, que fez com que ele se tornasse desorganizado e não conseguisse mais trabalhar ou lidar com as tarefas do cotidiano. No entanto, ao longo da avaliação do psicoterapeuta, foi identificado que o foco de Ernesto não era a separação, e sim como lidar com situações de fracasso.

Em resumo, o foco envolve um problema central, que muitas vezes vem definido pelo paciente, mas nem sempre é correto. Portanto, é importante identificar o foco e, junto ao paciente, definir o que será trabalhado durante o processo terapêutico.

 

 

Quer receber mais dicas em Psicologia? Se inscreva no meu canal do Youtube clicando no link abaixo, que semanalmente enviarei para você!

➤ INSCREVA-SE: https://grupoeducativa.com.br/youtube

FAÇA UM CURSO GRATUITO: https://grupoeducativa.com.br/gratuito

 


➤ Conheça nosso curso: https://grupoeducativa.com.br/course/psicoterapia-breve-diagnostico-e-intervencao/


 

Há 30 anos trabalho formando psicólogos brasileiros e quero agora compartilhar esse conhecimento com você. Quer saber o que vou falar na próxima DicasPsi? Entre no meu site e outras redes sociais, que encontro com você muito em breve!! Até já!

➤ FACEBOOK – https://grupoeducativa.com.br/facebook
➤ INSTAGRAM – https://grupoeducativa.com.br/instagram

 

Sobre Maria Angelica:

Maria Angélica Gabriel é graduada em Psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1985), especialista em Psicologia Social, mestre em Psicologia (Psicologia Social) pela Universidade Gama Filho (1996).

Professora de cursos de Graduação com ênfase em educação e saúde mental. Credenciada pela CABERJ, Petrobrás – Petróleo Brasileiro e Petrobrás Distribuidora S/A para atendimento de funcionários com conflitos relacionados ao ambiente de trabalho e outros. CREDENCIADA PELA POLICIA FEDERAL PARA AVALIAÇÃO DE APTIDÕES PARA POSSE E PORTE DE ARMA DE FOGO. Possui 30 anos de experiência em gestão de instituições de ensino. Professora e mentora de cursos de graduação, aperfeiçoamento, pós-graduação e extensão, presenciais e online. Autora de projetos pedagógicos e normas de elaboração de trabalhos acadêmicos e outros documentos relacionados ao ensino. Mentora e coordenadora de projetos sociais e de pesquisa.

Recebeu o Prêmio de Professora Cidadã Responsável Social em 2014 e o Prêmio de Responsabilidade Social com o Projeto Educando para a Paz na Força de Pacificação da Maré pelo Exército Brasileiro em 2015. Membro do Conselho Comunitário de Segurança da AISP22 – Secretaria de Segurança do Estado do Rio de Janeiro (2013-2015).

19 de abril de 2021

0 respostas em "O conceito de foco em Psicoterapia Breve"

    Deixe uma resposta

    %d blogueiros gostam disto: